Novena de Natal: A Estrela de Belém – ou a estrela – ponta da árvore de Natal

 

three-wise-men-of-christmas

 

Para cada povo, a estrela surge como um símbolo: ora, como mensageira obediente da vontade de Deus; ora como luz e caminho, ora como janelas do mundo. Dependendo do número de pontas, as estrelas carregam significados diferentes, como as estrelas de cinco pontas, cujo ponto máximo é a saída da cruz, da matéria, do sofrimento, pelo ponto central, o ponto do coração. Ou, seja, o caminho do amor. A estrela judaica, de seis pontas, nos lembra que tudo o que está dentro do homem, também está fora dele, no seu corpo, ou na natureza ao redor. Estrelas de sete pontas somam o quadrado ao triângulo, a matéria e o espírito unificados, contidos em tudo, assim como nas sete cores do arco-íris, ou nas sete notas musicais.


Segundo alguns astrônomos, a tal Estrela de Belém nada mais foi do que a conjunção entre Júpiter e Saturno, produzindo o efeito de uma grande estrela no céu, a famosa “Estrela de Belém”, que conduziu os três reis magos até o Menino.


Mas, segundo algumas tradições místicas, a melhor forma de conhecer o significado real de um símbolo é entrando em contato com ele e permitir que ele se manifeste à pessoa.


Então, que tal olhar para o céu, silenciosamente... ou desenhar estrelas?! Ou, ainda, enfeitar a casa, a árvore com uma. E tomara que ela possa brilhar nos seus olhos, no seu pensar, no seu sentir, no seu agir. E que os caminhos, as janelas, a compreensão, a união aconteçam!


Um bom Natal!


#natal #novena #estrela #tradição #história

Todos os direitos Reservados